Conto erótico vovô tarado – Minha filha separou do seu marido e depois de tudo acertado entre eles acabou ficando só em sua casa e com o tempo acabou conhecendo um rapaz mais velho o que acabaram por ficar juntos, neste rapaz que aqui vou chama-lo de Renato tinha uma filha do primeiro casamento, a garota estava com seus 15 anos e por minha filha ser muito comunicativa acabou cativando a garota e com isto se tornando boas amigas, como somos uma família que não temos preconceito dotamos a menina como nossa neta e a mesma nos chamava de avós, notei que a garota sempre que vinha em nossa casa ficava me olhando e me medindo dos pés a cabeça, pois apesar da minha idade sempre adorei andar mais a vontade em casa, sempre de bermuda e camiseta, como tenho um espírito jovem, também gosto de usar roupas adequadas para minha idade mais na moda.

Quando foi um dia Paloma minha neta postiça ao ver no varal umas das minhas cuecas comentou nossa o vó e moderno mesmo olha a cuecas que ele usa, como estávamos só nos dois em tom de brincadeira lhe falei precisa ver ela no meu corpo você ia adorar o que me falou nossa ia mesmo e deu uma risada safadinha, quando foi no outro dia estava eu só em casa quando Paloma chegou e me olhando me falou vô vim aqui para ver o senhor com uma daquelas cuequinhas que vi ontem no varal o senhor me mostra, o que lhe falei que sim e abaixando a bermuda mostrei a que estava em meu corpo e quando viu me falou nossa como fica bom no seu corpo e vindo em minha direção começou a passar a mão e com isto acabei ficando de pau duro sentindo aquela mão macia me tocando, e com isto pequei sua mão e coloquei em cima da minha pica dura e lhe falei olha como você deixou o vovó, Paloma me olhou com uma carinha de sem vergonha e me falou nossa vovó como e grande seu caralho e segurando começou a fazer massagem nele, não aguentei e abaixei minha cuecas e liberei ele para que ficasse em sua mão o que pegou com o maior carinho e acariciava com isto me deixando doido que lhe pedi pra que ela chupasse ela então atendeu meu pedido e me falou nossa e salgado mais e gostoso e começou a chupar como devia ser sua primeira vez me chupava passando os dentes, o que lhe falei faz de conta que esta chupando um sorvete você vai ver como e gostoso tanto para você como para mim, me sentei no sofá e Paloma se ajoelhou entre minhas pernas e começou a me chupar nossa que delicia a garota aprendeu rápido e que boquinha gostosa o que não demorou para mim dar minha primeira gozada, mais quando fui gozar pedi para tirar da boca pois poderia não gostar do gosto da minha porra o que o fez onde acabei gozando em seu rosto, Paloma foi se limpar e ao voltar me falou que tinha experimentado minha porra e viu que era salgadinha mais amou.

Ao voltar do banheiro Paloma já voltou só de camiseta pois tirou sua calças e estava nua da cintura para baixo, e com isto acabou se sentando em meu colo e abrindo as pernas colocou minha pica entre elas e com isto ficamos brincando onde acabei ficando de pica dura novamente e ficamos ali roçando minha pica em sua boceta, Paloma como uma taradinha rebolava na minha pica e me falava vamos só brincar vovó, pois ainda sou virgem aquilo me deixava muito doido e ficamos ali brincando e quando percebi que ia gozar pela segunda vez lhe avisei o que Paloma saiu e ficando de joelho me falou agora vou querer beber sua porra velho safado metendo minha pica na boca começou a fazer um vai e vem o que gozei enchendo sua boca com minha porra o que bebeu tudo sem deixar uma gota cair fora.

Nossa como estava bom aquela brincadeira mais eu queria mais, e como Paloma era virgem lhe propus para dar a bundinha para mim e que aceitou mais me dizendo que era virgem no cuzinho, como sabia que iria demorar para alguém chegar por ali levei Paloma até o banheiro e pegando um creme e pedindo para que a mesma ficasse de quatro segurando no vaso comecei a passar o creme em sua bundinha e metendo o dedo em seu cuzinho e lhe pedindo para relaxar e rebolar como tive sendo penetrada pois estava usando só o dedo e me obedecendo começou a fazer o que lhe pedi, até que me falou vó coloca sua pica no lugar do seu dedo pois não estou mais aguentando de tesão vai, tirei o meu dedo e Paloma ficou rebolando e me olhando me falava vai vó poi logo poi, passei creme na minha pica e pegando direcionei em direção daquele cuzinho rosado e fui colocando com Paloma me dizendo vai de vagar pois esta doendo mais não para viu e segurando a mesma pela cintura e com ela rebolando minha pica foi sumindo para dentro daquele cuzinho hora então virgem mais que não seria mais pois estava com minha pica toda dentro e Paloma rebolava e me dizia nossa vovó que delicia vou quer dar sempre meu cuzinho para você, Paloma me falou nossa a sua pica esta crescendo dentro do meu cu ai lhe falei e que vou gozar mais uma vez e desta vez dentro do seu cu minha lindinha e segurando ela de encontra minha pica avisei que iria gozar o que acabou acontecendo, quando tirei minha pica de dentro fez um barulho como se Paloma estivesse peidando era o ar que formou dentro do seu cuzinho e com isto a porra sai para fora escorrendo em suas pernas, Paloma entrou de baixo do chuveiro e se lavou e depois foi onde eu estava e me falou nossa vovó estou com meu cu ardendo, mais se você quiser mais estou aqui para fazer suas vontade o que olhei para ela e lhe falei deixa para outro dia hoje já gozei mais do que podia, e o vovó não e mais um jovem vamos de vagar pois você esta descobrindo a sua vida sexual e alem do mais se deixar você não sai de cima da minha pica.

Em um tom de brincadeira Paloma me falou da próxima vez o senhor toma um azulzinho, assim podemos brincar mais ai lhe falei o vovó não pode pois tem problema de coração mais se você tiver paciência vou deixar você satisfeita, daquele dia em diante Paloma sempre que pode vem aqui em casa quando estou só e brincamos sempre me dando o cuzinho pois esta viciada, já em nossas brincadeira Paloma me deixa colocar um dedo em sua boceta e com isto estávamos nos preparando para fazer uma penetração sem muita dor pois como ela mesmo diz quer que eu tire o seu cabaço pois quer que eu seja o primeiro a lhe fazer gozar pela boceta com uma pica dentro, e nada melhor a minha pois já que sou eu quem esta lhe ensinando como deve meter e se comportar na cama.

Quando isto acontecer o que não vai demorar volto aqui e lhes relato como foi tirar o cabaço da minha neta postiça em mais um conto erótico vovô tarado e minha neta tesuda demais.

Relacionados

Deixe seu comentário

O Maior, Melhor e rápido site de fotos amadoras do Mundo! Contos eróticos, fotos de novinhas, fotos de casadas e coroas gostosas sempre selecionadas a dedo. Para quem curte contos eróticos com fotos, fotos de amadoras gostosas, mulheres nuas e várias outras gostosas peladas, temos sempre o melhor conteúdo atualizado diariamente! Baixe fotos de gostosas, fotos de casais, imagens de sexo, quadrinhos porno, animes pornos, fotos porno e muito mais aqui em nosso site!


© 2018 - Fotos Amadoras – Fotos De Sexo Caseiro – Fotos De Novinhas – Contos Eroticos