Conto Erótico Papai e Filha

Uma putinha grávida narra mais um conto erótico onde se engravidou o tio e se tornou a puta do papai. Vale muito a pena esse incesto gostoso…



Depois que transei com titio, fiquei viciada o safado conseguiu o que queria, me viciou em sexo, me viciou em sua rola grande e grossa.

Pensava todos os dias naquele caralho gostoso que me dava prazer, foram várias transas nos dias seguintes,
sem menstruar…. percebi que talvez estivesse grávida do meu tio, estava apavorada

tinha muito medo do meu pai, falei com titio ele me disse que não falasse com ninguém.
Ele disse que iríamos arrumar uma solução, passaram-se mais dois meses minhas amigas já olhavam com ar de desconfiança com quatro meses,

já não dava para esconder mais a minha barriguinha. Abri o jogo com minha mãe, só não disse quem era o pai
disse que era um garoto que havia passado férias em nossa vila.

Minha mãe pediu calma, até achar uma solução meu tio não sabia o que fazer.

um dia fiquei com papai sozinha em casa, imaginando várias coisas. Meu pai disse :

– Pode falar Naty, sua amiga já me falou tudo.
-Que amiga? Falou o quê pai? Eu retruquei.
-Naty não adianta, Mari me contou que você está grávida .

-Não pai, Mari está querendo arrumar confusão, ela não gosta de mim. De repente escutei um grito apavorante.
-pensa que sou bobo é …tira esta roupa que quero ver sua barriga!!!!!.

– Não pai, não estou não, eu tenho vergonha.
-Ou você tira, ou vai levar cintada agora, anda logo com essa porra.

obedeci….fiquei de calcinha e sutiã, de repente ele se aproximou de mim, e me falou.

-Naty você está grávida filha, como pode?

Eu disse que fora um garoto da cidade que havia passado férias na nossa vila, …..
Meu pai me abraçou por trás segurando em meus seios, me chamando de safada, que sabia que eu seria uma putinha,

depois que descobriu que eu observava a transa dele e de mamãe, ele enfiou a mão por baixo do meu sutiã, ele estava só de shorts,

eu tentei resistir, ele desceu sua mão sobre minha barriguinha de grávida, no meu ouvido ele me disse.
-Vai dar para mim agora, e não contará nada para sua mãe, se não te ponho para fora de casa… sua putinha.

-Mas pai, não quero.

-Naty você já está grávida, não deu pro garoto , não vai ter problema nenhum dar para mim, já está grávida mesmo.

….não resisti mais e deixei ele continuar, eu não tinha para onde ir, acabei relaxando e concordei, disse a ele que não me machucasse, ele tirou meu sutiã,

se abaixou tirou minha calcinha, ele cheirou minha bucetinha, passou a ponta da língua nela, ele me abraçou para me beijar,

pude sentir o volume de seu pau, grande, grosso, acho que tinha o mesmo tamanho do pau do titio, ele me abraçou forte e me beijou demoradamente,

não resistia mais, agora já estava entregue, éramos só macho e fêmea naquele momento, segurando a minha bundinha ,
ele pediu que eu me deitasse e abrisse as pernas, e com as mãos sobre a minha barriguinha,

começou a chupar a minha bucetinha, sua língua viajava até o fundo,
e fazia movimentos dentro dela, era uma língua quente e gostosa, eu gemia e sussurrava baixinho, estava entregue aos caprichos de papai, mas estava adorando tudo aquilo.
depois deitou-se na cama, pediu que o chupasse, tive que segurar com as duas mão aquele cacete enorme e grosso,

chupei como se fosse um picolé, descia até o corpo do pau dele, até me engasgar, e subia, tirava para fora da minha boca e ficava brincando com minha língua na cabecinha dele,

meu tio tinha ensinado direitinho a sobrinha dele ser uma putinha completa, papai delirava, urrava de prazer.

-Sabia que você era uma putinha, mas não imaginava que era tão vadia assim Naty, chupa, chupa a rola do seu pai sua safadinha.

Papai me pôs de quatro na cama, me abriu toda, lambeu minha bucetinha de grávida, lubrificando bem,
se ajeitou, me segurou pelos cabelos, e colocou até as bolas baterem no meu clitoris, só parou quando não tinha mais nada para entrar,

só as bolas ficaram de fora da minha bucetinha,ele começou a fuder a minha bucetinha, aquele velho que eu chamava de pai começou a delirar segurando a minha barriguinha,
babava nas minhas costas,

ele estava em completo extase sexual, papai estava delirando dentro de mim, eu senti meu corpo estremecer,
senti o meu gozo chegar, comecei a rebolar igual a uma cadelinha no cio na vara do meu pai, minha bucetinha babava naquela rola gostosa e proibida ,

naquele momento ela me pertencia, estava toda dentro de mim, sem avisar gozei na rola de papai, o tesão foi tanto que escapei de papai e cai de bruços na cama, quase que desmaiando de prazer.

Papai me puxou de volta, pincelou seu pau na minha entradinha melada de novo, e socou forte, meteu forte,
parecia que estava sendo comida por um cavalo de tão grande o pau de meu pai estava com tamanha excitação,

ele fudeu por mais alguns minutos, segurando meus seios,
apertando os meus bicos, não agüentando mais gozou violentamente, fiquei toda melecada escorria porra pelas minhas coxas………….

passei a mão na minha bucetinha, queria sentir o estrago que a vara do meu pai tinha feito,
estava realmente ….toda dolorida e esfolada, mas agora estava mais ansiosa para ver o que iria me acontecer dali para frente.
Agora além de amante de titio ….seria putinha de papai também !!!!

08

09

14

15

ph1cto88292

unnamed (3)

Relacionados

Deixe seu comentário

O Maior, Melhor e rápido site de fotos amadoras do Mundo! Contos eróticos, fotos de novinhas, fotos de casadas e coroas gostosas sempre selecionadas a dedo. Para quem curte contos eróticos com fotos, fotos de amadoras gostosas, mulheres nuas e várias outras gostosas peladas, temos sempre o melhor conteúdo atualizado diariamente! Baixe fotos de gostosas, fotos de casais, imagens de sexo, quadrinhos porno, animes pornos, fotos porno e muito mais aqui em nosso site!


© 2018 - Fotos Amadoras – Fotos De Sexo Caseiro – Fotos De Novinhas – Contos Eroticos