Transando com a vizinha casada

Fodendo vizinha casadinha. Mais um dos contos de sexo com mulheres casadas compartilhados em nosso site, não deixem de ler conto erótico.

Olá pessoal que curtem contos eróticos de traição e contos de sexo com casadas. Algum tempo atrás, mudou-se no condomínio um casal. Ele aparentemente 30 anos moreno claro, calvo e ela 25 anos baixinha, branquinha, com seios lindos.

Vieram morar 4 casas a frente da minha, as três que nos separavam estavam em construção, e sempre nos víamos então pegamos amizade. Descobri seu nome e toda a tarde passamos 10, 20 minutos batendo papo. Durante um final de semana notei que minha vizinha ficou sozinha em casa. Eu também iria passar o final de semana em casa mais sossegado. No sábado a tarde eu estava lavando meu carro quando minha vizinha chegou em casa. Ela estava linda com roupa da academia parecia que estava correndo.

Depois de alguns minutos escuto alguém me chamando e quando percebi era ela.

– Oi vizinho, estou com probleminha no botijão de gás. Poderia me ajudar?

Eu claro que fui lá dar uma força, porém não imaginava que iria foder com ela ali mesmo.

Transei com minha vizinha casada

Quando entrei em sua casa é que tive a surpresa. Não existia nenhum problema no botijão do seu fogão. Aquilo tudo era uma desculpa para que ficássemos a sós. Assim que entrei ela já veio pro meu lado e já foi falando que me queria. Ela disse que percebeu meus olhares e que sentiu tesão por min desde a primeira vez. Foi ainda mais direta em dizer que seu marido viaja muito e acaba a deixando sozinha em casa.

Por ficar sozinha em casa acaba tendo que se virar com seus consolos na ausência do esposo.

Ela tinha uma cara de safada que me deixou louco de tesão. Naquele momento eu não pensava em mais nada a não ser foder aquela mulher. Dei um beijo quente em sua boca macia a abraçando com força e tesão. Enquanto a beijava fui descendo uma de minhas mãos até apertar sua bunda empinadinha. Não perdi tempo e passei a mão por sua buceta notando que ela estava molhadinha de tesão. Aquela mulher estava realmente excitada e doida pra levar rola em sua pepeka deliciosa.

Não perdi tempo e logo desci as calças colocando meu caralho pra fora. Mandei que ela chupasse e a gostosa o fez com maestria. Como era gostosa aquela boquinha quente ora chupando meu cacete ora o lambendo todo. A sacana ficou por uns 10 minutos me chupando e eu me segurando para não gozar na sua boca. Depois de ser chupado chegou minha vez de chupar aquela mulher sem calcinha e louca de tesão. Sua xoxota era linda, rosadinha, totalmente depiladinha e cheirosa. Cai de boca a chupando sem nojinho lambendo sua xota toda.

A safada do nada me empurra me jogando deitado e logo veio pra cima de mim. Com a boceta pingando de desejos a vadia senta no meu cacete dando início a um vai e vem delicioso. Sua buceta quente apertava minha rola dura que era socada até no fundo. A cada metida a safada gemia e rebolava com mais intensidade e prazer.

Dava pra ver que aquela mulher realmente estava precisando de uma boa foda para satisfaze-la. Depois de uma deliciosa galopada decidi a colocar de quatro no sofá. A vagabunda fez questão de empinar bem sua bunda. E que visão linda, um bumbum empinadinho, aquela xana rosadinha, perfeita. Coloquei só a cabecinha da pica na portinha da sua buceta e fiz ela pedir pra ser fodida.

Com uma voz doce e sacana ao mesmo tempo a vadia olhou pra trás e disse:

– Vai fode a bucetinha da sua vizinha casada vai.

Aquilo me fez ficar com caralho latejando de tesão e logo o empurrei de uma vez só dentro dela. A vadia deu um gripo em uma mistura de dor e prazer ao mesmo tempo. Comecei a foder com mais força dando tapas em sua bunda e puxando seus cabelos. Com metidas mais fortes notei que a safada ficou ainda mais louca de tesão. Oque foi confirmado com uma gozada deliciosa da safada que caiu de pernas bambas no sofá.

Ela ficou trêmula por alguns minutos se contorcendo toda de desejos. Pouco depois a safada se vira pra min e diz:

– Agora quero que você me foda com força até me lambuzar toda de porra.

Na posição de frango assado passei a fode-la forte e com tesão. Notei que ela apertava meu pau com a buceta. Isso deixou a foda ainda mais gostosa e logo não segurei meu gozo. Depois de uns 10 minutos fodendo aquela bunda linda não me segurei e anunciei que iria gozar. Para meu prazer e surpresa a vadia deu um pulo e se ajoelhou na minha frente. Ela pedia por porra, pedia para que eu gozasse em seus peitos a lambuzando toda.

Rapidamente atendi seu pedido e jorrei leitinho naquela gostosa nua. Nesse dia acabei fodendo vizinha casadinha em uma rapidinha deliciosa. Essa foi apenas a primeira de várias transas que tivemos. Depois desse dia finalmente comi o cuzinho da piranha, mas isso fica para um próximo conto erótico aqui no site. Espero que tenham curtido meu relato pois eu adorei estar fodendo minha vizinha puta e gostosa.

Relacionados

4 comentários para “Fodendo vizinha casadinha que é um fogo na cama

  1. karlusmsn • 18 de março de 2019

    delicia!!!

  2. Só quero gisar • 29 de abril de 2019

    Eu queria esa visinha perto eu pegaria ela chuparia ela até ela desmanhar

  3. estela • 5 de maio de 2019

    t com o dedo

  4. estela • 5 de maio de 2019

    queria q me fizessem assim

Deixe seu comentário

© 2019 - Fotos Amadoras – Fotos De Sexo Caseiro – Sexo Em Quadrinhos – Contos De Sexo