Conto Erótico Com Muito Incesto

A família nudista adora uma boa putaria e sempre rola muito incesto entre ambos, hoje teremos a narração de um conto erótico por parte de um dos membros da família.

Nossa família (eu, minha irmã e minha mãe) sempre foi adepta do nudismo, as vezes ate tomávamos banho juntos e com o passar do tempo isso foi dando muita excitação pois minha mãe trabalhava então s´ficávamos eu e minha irmã, Kelly, em casa. Quando nos eramos adolescentes costumávamos chegar do colégio no horário do almoço e corríamos para o banho. Sempre os dois juntos no banheiro. Nessa idade já estava ficando com muito tesão e diferente dos demais eu não fazia questão de escondê-lo, sempre ficava de pau duro tomando banho com minha irmã, que olhava pra minha piroca e dizia rindo que eu precisava me aliviar.

As vezes eu so dizia que era verdade, mas um dia eu estava com o caralho tão duro e ela se molhando e roçando a bunda nele me disse que se quisesse podia bater uma ali mesmo. Aquela chance não podia ser desperdiçada, ela se virou pra mim e eu segurei meu pau e comecei a fazer um vai e vem olhando pra ela peladinha ali na minha frente. Tudo ficou ainda mais gostoso ao ouvir ela dizendo – isso, continua, bate rápido maninho. Eu batia o mais rápido que conseguia mas demorava pra gozar, ela ao perceber isso me disse que iria ajudar. Ela ajoelhou, cuspiu no meu pau e começou a me masturbar olhando pra mim. Ali daquele jeito não foi difícil, logo avisei que iria gozar mas ela não parou nem levantou e dei uma gozada de porra na cara dela que me olhou sorrindo. Ela se levantou e disse – quando precisar de ajuda e só me chamar gostoso. Ela se levantou e ia saindo do banheiro, eu perguntei se ela não ia se lavar – eu gosto de ficar suja de porrinha, deixa seu pau sem lavar também. Saímos do banheiro e fomos pra sala assistir tv enquanto ela as vezes esfregava a porra do rosto.

Ela ainda com o rosto sujo de leite e eu com o pau meio mole ainda sujo e cheirando a porra e cuspe. Meu pau parecia que não iria baixar e ver ela daquele jeito ali, espalhando a porra na cara o fez subir na hora. Parece que seu cacete não quer baixar maninho rs – e não vai mesmo. Preciso me aliviar mais. Me levantei de pau duro e fiquei com o pau na cara dela e comecei a bater uma punheta com ela sorrindo. – vai maninho, goza no meu rostinho vai, da mais leitinho da. Goza pra sujar a maninha de porra quentinha vai, me dá um banho de porra vai gostoso. Querendo porra, vem pegar um pouco sua putinha. Ela começou a bater punheta pra mim de novo e gemendo começou a passar a língua na cabeça do meu pau. Ela ficou passando rápido ate que começou a gemer mais alto implorando por mais leite e dessa vez queria direto na boquinha gulosa e quentinha que ela tem. Eu tentei mas não aguentei muito tempo. Puxei com força seus cabelos e enfiei a piroca dentro da boca dela bem fundo e comecei a soltar meu leite lá. Ela gemeu como uma puta enquanto eu enchia sua boca de leite a ponto de vazar pelos cantos. Quando terminei tirei meu pau de sua boca e ele ainda escorria porra assim como a boca dela.

Nesse dia não fodia sua boceta gostosinha mais ainda compartilharei mais um conto erótico da nossa família nudista onde narrarei como
foi nossa primeira foda, onde meti naquela bocetinha deliciosa que ela tem!

Continua….

ph1cto90030

Relacionados

1 comentário para “Família Nudista Conto Erótico ilustrado Pra Galera Conferir

  1. Albefto • 13 de dezembro de 2016

    Muito bom alguém quizer

Deixe seu comentário

O Maior, Melhor e rápido site de fotos amadoras do Mundo! Contos eróticos, fotos de novinhas, fotos de casadas e coroas gostosas sempre selecionadas a dedo. Para quem curte contos eróticos com fotos, fotos de amadoras gostosas, mulheres nuas e várias outras gostosas peladas, temos sempre o melhor conteúdo atualizado diariamente! Baixe fotos de gostosas, fotos de casais, imagens de sexo, quadrinhos porno, animes pornos, fotos porno e muito mais aqui em nosso site!


© 2018 - Fotos Amadoras – Fotos De Sexo Caseiro – Fotos De Novinhas – Contos Eroticos